0

Seu carrinho está vazio

100% Secure

Dicas para sua viagem em Buenos Aires

 

Dicas para sua viagem em Buenos Aires

Conheça algumas dicas essenciais para sua viagem a Buenos Aires. Prepare-se e aproveite ao máximo da sua estadia na cidade do tango.

 

Dicas para se locomover em Buenos Aires

Há varias opções para se locomover em Buenos Aires.


- Compre o cartão SUBE - essa é dica mais importante para se locomover em Buenos Aires - porque se você quiser andar de ônibus ou de metrô, saiba que só aceitam este cartão.

- Quando for pegar um táxi na rua, entre nos que digam “Rádio Táxi” no letreiro do carro. Teoricamente é mais seguro andar com um motorista que pertence a uma cooperativa do que com um condutor independente.

- Evite o transporte público na hora do rush – especialmente se estiver chovendo muito, quando o trânsito aumenta e muitas linhas de metrô não funcionam. Se possível, o melhor é viajar um pouco depois do horário em que os transportes estão muito cheios (de segunda a sexta, entre 08:30 e 22:30, e depois entre las 17:30 e 19:00).

- Não pague corridas curtas de táxi com uma nota de AR$ 100 ou AR$ 500. Tente ter sempre dinheiro trocado para esse tipo de gastos. Se você não tiver notas pequenas, pergunte se o taxista tem troco antes de entrar no carro. Isso vale também para qualquer compra pequena que você fizer na rua.

- Não pegue os táxis que ficam esperando passageiros do lado de fora dos aeroportos Ezeiza (EZE – Ministro Pistarini) e Aeroparque (AEP – Jorge Newbery). Há muitos relatos de roubos e golpes a turistas.

- Se você não tiver reservado um serviço de translado do aeroporto ao hotel em Buenos Aires com antecedência, pague pelo serviço em um dos stands autorizados que ficam no setor de desembarque. Outra opção mais em conta é o serviço de shuttle da empresa Manuel Tienda Leon, que sai a cada meia hora dos aeroportos em direção ao centro de Buenos Aires.

 

Reserve seu translado de ida e volta ao Aeroporto Ezeiza!

 


 

Dicas sobre comer e beber em Buenos Aires

 Disfute de um bom restaurante "parilla" no centro de Buenos Aires


- Algumas lojas fecham à tarde, apesar de Buenos Aires ser uma cidade grande, por conta da tradição de dormir a siesta. Então, evite comprar produtos importantes entre às 14h e 16h se você estiver hospedado em um bairro mais residencial.

- Dar gorjeta não é obrigatório e nem está incluído na conta, mas é uma tradição. O consumidor deve calcular por sua própria conta a quantia que pretende pagar pelo serviço. Geralmente, fica em torno de 10% do total e só é aceita na maioria das vezes em dinheiro.

- Muitas lojas e restaurantes não aceitam cartões de crédito e débito. E algumas, quando aceitam, cobram mais caro se esse for o método de pagamento escolhido. Para evitar problemas, pergunte antes se a loja aceita cartão.

- Alguns restaurantes cobram uma taxa extra por pessoa pelo serviço chamada cubierto, que pode variar entre AR$ 15 e AR$ 30 pesos. A informações sobre a cobrança geralmente estao especificadas no cardápio, mas você também pode perguntar ao garçom, se preferir.

- Os quiosques e mercados não vendem bebidas alcoólicas depois das 22:00, na maioria das vezes.

 

Aproveite nosso Tour Gastronômico em Buenos Aires!

 


 

Dicas para passear em Buenos Aires 

Caminhe pelas ruas arborizadas de Buenos Aires


- Fins de semana são os melhores dias para passear por Buenos Aires. Parques, praças e ruas da cidade ficam cheios de feiras e atividades culturais abertas ao público.

- Não deixe expostos os seus pertences pessoais valiosos no quarto do hotel ou do albergue. Se o quarto tiver cofre, guarde os itens mais valiosos aí. Deixe sempre sacolas e câmeras no seu colo quando se sentar do lado de fora dos cafés ou restaurantes, nunca as deixe no chão ou sobre a mesa. Os ladrões são mais rápidos do que a sua capacidade de reação. E, se por alguma razão, a sorte não estiver do seu lado e tentarem te roubar, dê o que pedem sem resistir. A sua segurança pessoal vale mais do que qualquer item de valor.

- Note que a maioria dos tours e atividades não inclui traslado desde hotéis fora do circuito turístico que engloba o Centro e Recoleta. Muitos deles também não buscam passageiros em apartamentos. Procure no mapa a localização exata do seu hotel e não confie no “a 10 minutos do centro de metrô”, pois os serviços de transporte público podem apresentar deficiências que dificultam a sua mobilidade.

- O transporte público é geralmente seguro e confiável, apesar de eventuais problemas. Há uma alta frequência de ônibus todos os dias as 24 horas, mas as linhas de metrô só operam até as 22h30. Não há taxa extra nos fins de semana.

- Buenos Aires é uma cidade ideal para caminhar. Traga sapatos confortáveis e passeie pelas ruas planas da cidade por conta própria ou com tours a pé.

 

Descubra a cidade de Buenos Aires em 36 horas!

 

Loading...
Loading...